Barcelona

Barcelona: um dia a explorar Gaudí e o Modernismo Catalão

dezembro 15, 2016,1 Comments

Drawing Dreaming - visitar Barcelona - Sagrada Família
O segundo dia em Barcelona foi, de forma acidental, dedicado ao modernismo catalão. Quando planeei este dia apenas organizei um roteiro de locais que estavam geograficamente próximos, mas acidentalmente acabei por escolher visitar alguns dos mais famosos ex-libris arquitectónicos de Barcelona!

1 comentários:

França

No interior da Opéra Palais Garnier, o mais belo edifício de Paris

dezembro 12, 2016,3 Comments

Drawing Dreaming - visitar a Opéra Palais Garnier em Paris
A minha primeira memória da Opéra Palais Garnier remonta ao ano 2000 quando, com sete anos, voltei pela primeira vez a França. (Os meus pais viveram em Paris, eu e a minha irmã nascemos lá, mas acabámos por regressar todos a Portugal.) Fiz a viagem de regresso a França de carro, uma viagem demasiado longa para mim, mas que me entusiasmava porque pela primeira vez ia acompanhar os meus pais nas viagens que faziam para visitar antigos amigos. Lembro-me de caminhar por Paris e de me indicarem alguns locais de interesse e, curiosamente, uma das minhas memórias mais vívidas é a de me apontarem uma tal Opéra. Isto ficou-me na memória mesmo com o passar dos anos, mas talvez não tenha sido pelas melhores razões: a minha primeira visão da Opéra foi a de um edifício em obras, tapado com toldos e andaimes.
Avancemos no tempo para 2014, ano em que emigrei sozinha para França. A verdade é que nem saberia vos dizer quantas vezes passei em frente a este edifício e admirei uma fachada que sabia agora ser lindíssima. Passei inúmeras vezes e, para vergonha minha, só mesmo este ano visitei o interior da Opéra Garnier. Vergonha, sim, porque uma das razões pelas quais eu amo Paris é a sua arquitectura requintada e, depois de ter visitado esta verdadeira jóia da capital francesa, posso agora afirmar que, independentemente de quantos edifícios possam ter visitado em Paris (e falo por experiência própria, pois visitei muitos), a verdade é que a Opéra vos vai deixar de queixo caído!
Não só uma das casas de ópera mais famosas do mundo como também um símbolo de Paris, a Opéra Palais Garnier deve estar obrigatoriamente na vossa lista do que visitar em Paris!

3 comentários:

Bélgica

48 horas em Bruxelas: 15 sugestões do que visitar na capital belga

dezembro 04, 2016,1 Comments

Capital da Bélgica, Bruxelas é uma cidade única, considerada pelos países-membros como a capital da União Europeia por aqui se encontrarem as principais instituições europeias. Bruxelas é ainda lar de construções que vão do estilo gótico ao barroco, passando pelas típicas casas de estilo flamengo até aos edifícios art noveau do arquitecto Victor Horta. Paraíso para os amantes da banda desenhada, capital de especialidades gastronómicas como a cerveja, o chocolate e as gaufres, Bruxelas tem ainda assim muito mais a oferecer... Eis aqui o que têm mesmo que visitar (ainda que num curto espaço de tempo!):

grand place


Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Grand Place
Victor Hugo descreveu a Grand Place de Bruxelas como a mais bela praça da Europa e a verdade é que a praça é por si só uma atracção turística, tendo inclusive sido eleita Património Mundial da UNESCO. Esta é o centro geográfico, histórico e comercial de Bruxelas, sendo o local ideal para começar a vossa visita da cidade.

1 comentários:

França

Um dia em Provins, uma vila medieval muralhada perto de Paris

dezembro 02, 2016,0 Comments

Drawing Dreaming - um dia em Provins - Ramparts, muralhas
Não me interpretem mal, eu adoro Paris, mas por vezes sinto necessidade de me afastar da correria citadina da zona parisiense e de me reconectar um pouco com a natureza. Foi com essa vontade em mente que aproveitei o facto de uma das melhores amigas viver em Provins para visitar esta vila a cerca de 90km a leste de Paris. Apesar de ser algo pequena, esta vila medieval que parece ter parado no tempo é um verdadeiro tesouro para os amantes de História, encontrando-se inscrita no Património Mundial da UNESCO. Com as suas ruas estreitas, antigas casas de madeira e torres medievais, Provins atrai um cada vez maior número de visitantes, infelizmente passando ainda assim despercebida à maior parte dos turistas.

0 comentários:

França

Guia de sobrevivência de Versailles: tudo o que precisam saber para visitar o mais famoso palácio de França

novembro 30, 2016,5 Comments

Drawing Dreaming -  guia de sobrevivência de Versailles - Château
A apenas cerca de 20km de Paris, o Palácio de Versailles é um dos locais mais visitados da Europa e isso é justificado já que poucas experiências em Paris deixam um visitante tão fascinado quanto o complexo palaciano de jardins espectaculares imaginado por Louis XIV.
Residência dos reis de França de 1662 (Louis XIV) a 1789 (Louis XVI), importante marco da História francesa e Património Mundial da UNESCO, Versailles deve mesmo estar no topo das vossas prioridades para uma viagem a Paris! Contudo, a sua fama e popularidade significam igualmente grandes multidões e outras problemáticas que podem facilmente desencorajar aqueles que visitam o Domínio pela primeira vez. Apesar de não existirem soluções infalíveis para que a vossa visita seja perfeita, deixo-vos as minhas dicas e conselhos para organizarem a vossa viagem e maximizarem o vosso tempo em Versailles!

5 comentários:

Barcelona

Montjuïc, Barcelona: um teleférico, um castelo e uma fonte mágica

novembro 28, 2016,0 Comments

Drawing Dreaming - roteiro para visitar Barcelona - Montjuic
Barcelona há muito que estava na minha lista de destinos a visitar e, como tal, não é de espantar que tenha chegado à cidade determinada a explorá-la ao máximo! Não, eu não queria ganhar o rótulo de "guiri" ao sentar-me numa esplanada a beber sangria e a comer uma cara mas não tão típica paella num daqueles restaurantes que gritam armadilha para turistas. Eu queria ver ao máximo o que Barcelona tem para oferecer.

0 comentários:

França

Um dia em Rouen: 10 coisas a fazer na capital da Normandia

novembro 25, 2016,2 Comments

Drawing Dreaming - 10 coisas a fazer num dia em Rouen - Catedral

Com vários exemplos de arquitectura gótica francesa (descrita por Victor Hugo como a "cidade das cem torres") vários museus que denotam o seu rico passado histórico e cultural, um bairro medieval perfeitamente restaurado e uma vasta oferta culinária, Rouen (em português, Ruão) é sem dúvida um dos destinos mais atraentes da Normandia.

2 comentários:

França

10 razões para visitar o Museu Rodin, um culto ao mais famoso escultor francês

novembro 24, 2016,0 Comments

Paris tem uma vasta oferta de museus para todos os gostos e apesar de existir uma cada vez maior divulgação da mesma, acabo muitas vezes por constatar que a maior parte dos turistas se limita à dupla Louvre-Versailles e deixa por ver tantos outros que valem a pena!
Um dos museus que na minha opinião merece ter mais visitantes é o Musée Rodin, o qual exibe obras do famoso escultor francês Auguste Rodin. Este museu é uma óptima opção para quem queira combinar arte, arquitectura e natureza num só: composto por dois espaços de exposição, bem como um amplo jardim de esculturas, é ainda uma óptima escolha para fugir às multidões de Paris e passar um bom momento na capital francesa!

Drawing Dreaming - visitar o Museu Rodin - Hôtel Biron
o magnífico hôtel biron, onde se encontra o musée rodin

0 comentários:

Amsterdão

Entre flores, bicicletas e canais: 48 horas em Amsterdão

novembro 22, 2016,0 Comments

Drawing Dreaming - dois dias em Amsterdão
Drawing Dreaming - dois dias em Amsterdão
Adoro pesquisar destinos e organizar viagens, mas sou a primeira a confessar que por vezes certas cidades me surpreendem, em parte porque tenho uma ideia errada das mesmas.
A ideia de passar uma folga em Amsterdão surgiu a convite de uma amiga e admito que na altura não estava no topo das minhas prioridades já que a minha ideia da capital dos Países Baixos se resumia às coffee shops, ao Red Light District e a uma meia dúzia mais de preconceitos restritivos.
Arrependo-me de alguma vez ter tido essa ideia da cidade, mas se há algo que me deixa feliz é ainda assim ter decidido visitar Amsterdão.
Algumas pesquisas depois, comecei a perceber que Amsterdão até que se poderia revelar um destino interessante e o entusiasmo cresceu. Ainda assim, nada poderia me para aquilo com que me deparei. Não há outra forma de o dizer: apaixonei-me por Amsterdão e sonho com o dia em que lá voltarei. Vamos colocar as coisas nestes termos: houve chuva (por vezes bastante chuva), ganhei uma constipação que durou umas boas semanas e ficámos no hotel mais barato que encontrámos (nem por isso o mais charmoso) e, apesar disto tudo, a única coisa que retive foi a beleza da cidade: as casas estreitas, os canais pelos quais adorei passear, as milhentas bicicletas, as flores, a maravilhosa comida... 
Podia alongar-me sobre as mil e uma coisas que vos farão perder-se de amores por esta cidade, mas prefiro deixar-vos com aquilo que têm mesmo que visitar...

0 comentários: