França

Guia de sobrevivência de Versailles: tudo o que precisam saber para visitar o mais famoso palácio de França

novembro 30, 2016,5 Comments

Drawing Dreaming -  guia de sobrevivência de Versailles - Château
A apenas cerca de 20km de Paris, o Palácio de Versailles é um dos locais mais visitados da Europa e isso é justificado já que poucas experiências em Paris deixam um visitante tão fascinado quanto o complexo palaciano de jardins espectaculares imaginado por Louis XIV.
Residência dos reis de França de 1662 (Louis XIV) a 1789 (Louis XVI), importante marco da História francesa e Património Mundial da UNESCO, Versailles deve mesmo estar no topo das vossas prioridades para uma viagem a Paris! Contudo, a sua fama e popularidade significam igualmente grandes multidões e outras problemáticas que podem facilmente desencorajar aqueles que visitam o Domínio pela primeira vez. Apesar de não existirem soluções infalíveis para que a vossa visita seja perfeita, deixo-vos as minhas dicas e conselhos para organizarem a vossa viagem e maximizarem o vosso tempo em Versailles!

5 comentários:

Barcelona

Montjuïc, Barcelona: um teleférico, um castelo e uma fonte mágica

novembro 28, 2016,0 Comments

Drawing Dreaming - roteiro para visitar Barcelona - Montjuic
Barcelona há muito que estava na minha lista de destinos a visitar e, como tal, não é de espantar que tenha chegado à cidade determinada a explorá-la ao máximo! Não, eu não queria ganhar o rótulo de "guiri" ao sentar-me numa esplanada a beber sangria e a comer uma cara mas não tão típica paella num daqueles restaurantes que gritam armadilha para turistas. Eu queria ver ao máximo o que Barcelona tem para oferecer.

0 comentários:

França

Um dia em Rouen: 10 coisas a fazer na capital da Normandia

novembro 25, 2016,4 Comments

Drawing Dreaming - 10 coisas a fazer num dia em Rouen - Catedral

Com vários exemplos de arquitectura gótica francesa (descrita por Victor Hugo como a "cidade das cem torres") vários museus que denotam o seu rico passado histórico e cultural, um bairro medieval perfeitamente restaurado e uma vasta oferta culinária, Rouen (em português, Ruão) é sem dúvida um dos destinos mais atraentes da Normandia.

4 comentários:

França

10 razões para visitar o Museu Rodin, um culto ao mais famoso escultor francês

novembro 24, 2016,0 Comments

Paris tem uma vasta oferta de museus para todos os gostos e apesar de existir uma cada vez maior divulgação da mesma, acabo muitas vezes por constatar que a maior parte dos turistas se limita à dupla Louvre-Versailles e deixa por ver tantos outros que valem a pena!
Um dos museus que na minha opinião merece ter mais visitantes é o Musée Rodin, o qual exibe obras do famoso escultor francês Auguste Rodin. Este museu é uma óptima opção para quem queira combinar arte, arquitectura e natureza num só: composto por dois espaços de exposição, bem como um amplo jardim de esculturas, é ainda uma óptima escolha para fugir às multidões de Paris e passar um bom momento na capital francesa!

Drawing Dreaming - visitar o Museu Rodin - Hôtel Biron
o magnífico hôtel biron, onde se encontra o musée rodin

0 comentários:

Amsterdão

Entre flores, bicicletas e canais: 48 horas em Amsterdão

novembro 22, 2016,0 Comments

Drawing Dreaming - dois dias em Amsterdão
Drawing Dreaming - dois dias em Amsterdão
Adoro pesquisar destinos e organizar viagens, mas sou a primeira a confessar que por vezes certas cidades me surpreendem, em parte porque tenho uma ideia errada das mesmas.
A ideia de passar uma folga em Amsterdão surgiu a convite de uma amiga e admito que na altura não estava no topo das minhas prioridades já que a minha ideia da capital dos Países Baixos se resumia às coffee shops, ao Red Light District e a uma meia dúzia mais de preconceitos restritivos.
Arrependo-me de alguma vez ter tido essa ideia da cidade, mas se há algo que me deixa feliz é ainda assim ter decidido visitar Amsterdão.
Algumas pesquisas depois, comecei a perceber que Amsterdão até que se poderia revelar um destino interessante e o entusiasmo cresceu. Ainda assim, nada poderia me para aquilo com que me deparei. Não há outra forma de o dizer: apaixonei-me por Amsterdão e sonho com o dia em que lá voltarei. Vamos colocar as coisas nestes termos: houve chuva (por vezes bastante chuva), ganhei uma constipação que durou umas boas semanas e ficámos no hotel mais barato que encontrámos (nem por isso o mais charmoso) e, apesar disto tudo, a única coisa que retive foi a beleza da cidade: as casas estreitas, os canais pelos quais adorei passear, as milhentas bicicletas, as flores, a maravilhosa comida... 
Podia alongar-me sobre as mil e uma coisas que vos farão perder-se de amores por esta cidade, mas prefiro deixar-vos com aquilo que têm mesmo que visitar...

0 comentários: