Artigos

Guia completo de onde e o que comer em Barcelona

março 09, 2017,6 Comments

Guia de onde e o que comer em Barcelona - Quimet y Quimet
Voltei de Barcelona com uma certeza: aqui a comida é levada a sério. Enquanto que em alguns países do mundo se assiste cada vez mais a uma generalização do fast food e as tradições culinárias parecem desaparecer, em Barcelona vi locais orgulhosos de nos presentear com o melhor dos pratos desta cidade da Catalunha. Barcelona é em partes iguais uma cidade que preserva o seu património, mas igualmente uma cidade cosmopolita que não ficou parada no tempo e isso reflecte-se igualmente na comida: ainda que a cozinha catalã esteja fortemente presente nesta zona, a verdade é que aqui podemos encontrar um pouco de toda a Espanha num prato.

Sendo daquelas pessoas que adoram experimentar novas comidas e conhecer o que cada cidade tem para oferecer a nível culinário, não deixem de ler para descobrir onde e o que comi em Barcelona...

quimet y quimet

CARRER del poeta cabanyes, 25

Guia de onde e o que comer em Barcelona - Quimet y Quimet

Se me perguntarem ou à minha irmã uma das razões pelas quais voltaríamos a Barcelona, tenho a certeza que uma das resposta que daríamos num piscar de olhos e sem pensar seria: Quimet y Quimet.
O Quimet y Quimet é a prova viva de que pesquisar bem uma cidade antes de a visitar compensa pelo simples facto de que nunca teria descoberto esta preciosidade se não tivesse gasto uma boa parte do meu tempo livre a procurar os melhores locais para comer em Barcelona.
Penso que poderia colocar a culpa em Anthony Bourdain (sim, esse Bourdain mesmo - chef e conhecido pelo seu programa No Reservations). Nas minhas pesquisas vi que Bourdain por aqui tinha passado e decidi que lhe devia dar uma oportunidade já que: a) Bourdain é aquele tipo que se está nas tintas e que vos dá aquele nível de honestidade pura e crua, tanto podendo elogiar um restaurante como dizendo que a comida é uma porcaria; b) não é um restaurante de 5 estrelas Michelin, logo havia grandes probabilidades de eu conseguir pagar a conta.
Ali estávamos nós, numa amena noite de Outubro, a caminhar pelas ruas de Barcelona à procura do local que coincidisse minimamente com o endereço que eu tinha anotado. Chegámos e desde logo vi o ar de espanto da minha irmã ao ver exactamente onde a tinha trazido... Não digam que não vos avisei, mas se estão à espera de um local luxuoso, o que vão encontrar mesmo é um misto de tasca e bar de alguns metros quadrados em que três empregados atrás de um balcão ouvem os vossos pedidos e vos preparam no momento as melhores tapas da vossa vida que, adivinhem, vão mesmo ter que comer de pé. Se leram o meu aviso e a única coisa que retiveram foi "as melhores tapas" então preparem-se para ver aquilo que comemos nas duas vezes que por lá passámos (sim, duas, tivemos que voltar!).

Guia de onde e o que comer em Barcelona - Quimet y Quimet
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Quimet y Quimet

Ainda sem sabermos muito bem por onde começar, a primeira coisa que pedimos foi este combinado vegetal, uma salada de legumes que, apesar de boa, desejava não ter pedido porque fica muito aquém das verdadeiras estrelas deste local: os montaditos.
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Quimet y Quimet
Se por acaso algum dia por aqui passarem, têm mesmo que experimentar a combinação de salmón, yogourt y miel trufada (iogurte, com fatias de salmão fumado e mel trufado por cima), algo assim a roçar o divinal que pura e simplesmente não consigo descrever! Fica a dica (e não, não têm de quê).
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Quimet y Quimet
Outra combinação que repeti algumas vezes é a de foie-gras con sal volcania (foie-gras com sal vulcânico). Sim, eu sei que na foto até parece banal e que a descrição dos ingredientes nem vos inspira propriamente, mas acreditem que é uma das melhores misturas de sempre! Tão, mas tão bom que eu ando há meses à procura de sal vulcânico para testar a preparar por mim mesma só para voltar a sentir este sabor indescritível...
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Quimet y Quimet
Outra das tapas que vão querer provar é a de langostinos con piquillo (camarão com pimentos vermelhos). Não ficou tanto na minha memória quanto as anteriores (o que apenas significa que é muito boa, enquanto que as outras são ultra-mega-saborosas), mas confesso que até apreciei a forma como estes dois ingredientes se ligam, já para não falar que aqui não hesitam em colocar uma dose de caviar no topo!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Quimet y Quimet
Tendo em conta que voltámos no dia seguinte para repetir umas quantas tapas e na esperança de experimentar algumas novas, tivemos igualmente a oportunidade de testar este chipirón con cebolla (calamares com cebola) do qual pessoalmente gostei pelo facto de o calamar (de textura mais borrachosa) se ligar muito bem com a cebola picada, de gosto bem mais ácido.
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Quimet y Quimet
Uma das tapas que experimentámos da segunda vez com a qual fiquei agradavelmente surpreendida foi esta de setas, queso, aceite trufado (cogumelos, azeite e azeite trufado). Nunca, mas nunca pensei que fosse dizer isto, mas colocar azeite trufado por cima de queijo é só assim uma das melhores invenções culinárias de sempre. É óptimo!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Quimet y Quimet
Quando já não sabiamos muito bem o que repetir ou o que mais testar, vi um dos nossos vizinhos de balcão a comer esta cecina con tomate (carne seca com tomate) e decidi testar também. É muito bom, mas no Quimet y Quimet a fasquia é demasiado alta por isso vamos dizer que é apenas isso, muito bom.
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Quimet y Quimet
Como se ingerir um desfile de tapas uma atrás da outra não fosse suficiente, posso dizer que ainda testei o excelente vermut da casa (tanto com vinho branco como tinto) e adorei!

Se planeiam comer no Quimet y Quimet saibam que cada montadito ronda os 2.5€. A minha dica? Peçam um para cada pessoa no que toca àqueles que são mesmo imperdíveis (como o de salmão, iogurte e mel trufado ou o de foie-gras com sal vulcânico) e aproveitem para partilhar os restantes para que possam experimentar um pouco de cada!

Outro conselho é deixarem o Quimet y Quimet para o final da vossa visita a Barcelona. Não há como dizer isto de outra forma, o Quimet y Quimet coloca a fasquia muito, muito alta. Só para terem uma ideia, da segunda vez que por lá passámos esbarrei com uma senhora que falava francês e que me disse que tinha vindo de propósito de França para comer ali (e não, não estou a brincar). E eu compreendo: este local é perfeito, desde o pessoal ao ambiente, passando pelo preço bem amigo e, claro, a comida e bebidas. Meses e meses depois, continuo a sonhar com aquela que gosto de chamar modestamente "a experiência gastronómica da minha vida".

la cova fumada

CARRER DEL baluart, 56

O segundo local que recomendo para comer tapas em Barcelona é o La Cova Fumada. Mais uma vez, não esperem encontrar algo luxuoso porque nesta espécie de taberna nos arredores da Barceloneta nem sequer há placa à entrada ou algo que indique como sendo o sítio indicado. Anotem bem o endereço, tenham em mente que estão à procura de uma porta castanha e é tudo.

Aqui as tapas adquirem um sabor mais catalão ou não fossem vocês comer entre locais. Quando por aqui passei fiquei rodeada por pessoas que iam desde o grupo de reformados que tinha acabado de jogar às cartas e decidiu fazer uma pausa para comer a quatro homens que nos deram um espectáculo ao vivo de música cigana. Tudo entre travessas que passam, pessoas que se sentam ao balcão e meia dúzia de mesas bem pequenas das quais podem mesmo ver a pequena cozinha. Se gostam do charme e da simplicidade de provar comida típica em sítios autênticos, aqui ficam algumas sugestões do que podem encontrar:


Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Cova Fumada
A primeira coisa a experimentar aqui é a bomba de la barceloneta, especialidade típica de Barcelona à base de batata, carne, aioli e molho picante, a qual terá mesmo sido inventada aqui pela avó dos actuais proprietários. Os especialistas gastronómicos dizem mesmo que as bombas picantes do La Cova Fumada são as melhores de Barcelona. Confesso que não experimentei noutro local, mas gostei tanto que acredito que sejam mesmo!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Cova Fumada
Outra especialidade catalã a provar é o PA AMB TOMÀQUEt, nada mais do que tomate cru e maduro que é esfregado numa fatia de pão, depois temperado com sal e azeite. Eu preferi mesmo o do Bosque Palermo, já que aqui utilizam pão torrado e pessoalmente gosto de sentir o pão mais macio, embebido em tomate.

Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Cova Fumada
Algo que adorei comer aqui foi este calamar. Encomendei com base em recomendações e tenho a dizer que, apesar de um pouco caro, é muito bom mesmo! O tempero é simples, mas divinal!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Cova Fumada
Por fim provámos o Pulpo, um tentáculo de polvo que, mais uma vez, surpreendeu pelo tempero, ainda que eu tenha considerado que o prato anterior era bem melhor.
Se passarem por aqui saibam ainda que não há menu escrito, apenas uma ardósia à entrada que vos indica os pratos e os preços (os quais variam de vez em quando pelo que tenho visto). Cheguem cedo, pre-dispostos a partilhar uma mesa e sobretudo com muita vontade de provar estes peticos catalães!


tapa tapa

Centro comercial de las arenas
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Tapa Tapa
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Tapa Tapa
Continuando numa rota de tapas (sim, eu sei que comi muitas tapas) tenho mesmo que mencionar o Tapa Tapa, uma cadeia de restaurantes que está sobretudo presente em centros comerciais. Esta foi a nossa opção para um Domingo à noite (em que quase tudo se encontra fechado) no Centro Comercial Arenas enquanto faziamos tempo para ver o espectáculo da Font Màgica.

À noite este restaurante apresenta um ambiente acolhedor e, dado o clima ameno, não nos fizemos rogadas em petiscar na parte exterior do restaurante com a maravilhosa vista da Plaça Espanya à nossa frente!
Para beber encomendámos uma SANGRIA DE CAVA que estava mesmo muito boa e começámos o nosso pequeno rodízio de tapas...

Guia de onde e o que comer em Barcelona - Tapa Tapa

Uma das nossas primeiras tapas em Barcelona foi mesmo esta travessa de OUS estrellats amb patates i pernil ibèric, ou em bom português ovos estrelados com batatas e pernil ibérico. Tanto as batatas como o presunto são bem estaladiços e contrastam muito bem com a suavidade dos ovos: uma delícia!

Guia de onde e o que comer em Barcelona - Tapa Tapa
Outra especialidade de Barcelona que tínhamos mesmo que provar são as patates braves, prato típico que consiste em batatas cortadas irregularmente, fritas em óleo e geralmente servidas com aioli e molho de tomate picante.

Guia de onde e o que comer em Barcelona - Tapa Tapa
Aqui provámos ainda carxofes fregides, um prato típico de alcaxofras que não me seduziu por aí além e croquetes de tres fromatges, croquetes de três queijos que vieram bem quentes e saborosos!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Tapa Tapa
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Tapa Tapa
Para sobremesa, nada melhor que terminar com uma crema catalana, um misto de leite creme e crème brûlée bem à moda catalã. A crosta de açúcar caramelizado era óptima e o pequeno carquinyoli a acompanhar foi a cereja no topo do bolo!

Guia de onde e o que comer em Barcelona - Tapa Tapa

la paradeta

Carrer del consell de cent, 318

Confesso que descobri este restaurante (como tantos outros) acidentalmente e depois de ter lido opiniões sobre o mesmo soube que muito provavelmente acabaria por comer aqui! Este restaurante (aberto ao Domingo, o que é quase um milagre em certas zonas de Barcelona) conquistou-me sobretudo pelo seu conceito: ao chegarem ao restaurante vão deparar-se com uma banca muito semelhante à dos mercados antigos com vários tipos de peixe e marisco, basta escolherem o que pretendem comer, o tipo de preparação e quantidade e o vosso pedido é enviado directamente para a cozinha! Depois podem sempre optar por pedir bebidas, pão ou salada e pagar, escolhem uma mesa e aguardam enquanto a comida é preparada! O vosso nome/número é chamado e basta apresentarem o vosso talão para levantarem a comida pronta em recollida de comandes / recogida de pedidos!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Paradeta
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Paradeta
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Paradeta
Para vos abrir o apetite, aqui ficam as nossas escolhas:

Algo que queria bastante provar eram os Chipirónes preparados a la plancha, basicamente pequenos calamares fritos que têm um sabor peculiar (que nunca conseguirei descrever), mas muito bom! A provar!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Paradeta
Podem igualmente experimentar sepia (aqui entre nós, chocos), os quais me deixaram de água na boca apesar de serem preparados de uma forma simples! Se vos perguntarem se querem o molho de alho e ervas, digam que sim, vão gostar ainda mais desta iguaria!

Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Paradeta
Por fim, optámos por pulpitos, igualmente acompanhados do dito molho!

Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Paradeta

Algo que me agradou muito neste restaurante foi o atendimento. Talvez tenha sido pura coincidência, mas quando estávamos a efectuar o pagamento fomos atendidas por um empregado Galego que, ao saber que eramos Portuguesas, nos prendou com o seu melhor português e, perante a nossa falta de conhecimentos em vinhos, nos garantiu que tínhamos mesmo que beber um Albariño para acompanhar! Entre dois dedos de conversa, acabámos mesmo por ser convidadas para a festa de aniversário deste Galego que teria lugar no restaurante dali a uns dias (infelizmente não pudemos ir porque já não estávamos em Barcelona)! Para minha infelicidade recordo-me perfeitamente da cara deste Senhor mas não do seu nome, mas sem dúvida que ficou nas nossas recordações deste tão bom almoço!

LA sureña & 100 montaditos

passeig sant joan, 77-79

Quando visitámos a Sagrada Família, saímos já perto da hora do almoço e optámos por um restaurante dois em um nos arredores: o La Sureña/100 Montaditos no Passeig Sant Joan. Sim, este restaurante combina duas cadeias num só local, basicamente o ideal para testar várias especialidades!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Sureña e 100 Montaditos
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Sureña e 100 Montaditos
Pessoalmente adorei a decoração do local (e o facto de, à hora a que fomos, estar quase vazio e super calmo). Ambas as cadeias são uma óptima escolha para quem pretende comer a um bom preço. As nossas escolhas recairam sobre...

Um tabuleiro de  tinglao ibérico, uma mistura de vários tipos de charcuteria.

Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Sureña e 100 Montaditos
Uma dose da especialidade PULPo a la gallega, polvo cozido inteiro e servido com sal, azeite e pimentão, tipicamente servido num prato de madeira e acompanhado de batatas. Uma delícia!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Sureña e 100 Montaditos
Aproveitámos ainda uma promoção de Palomitas de pollo (pedaços de frango panado), que em vez dos tradicionais 6€ nos ficaram pela módica quantia de 1€! Já referi ainda que uma caneca de cerveja bem grande fica por 2€?
Estava tudo óptimo e o facto de podermos partilhar acabou por compensar ainda mais!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Sureña e 100 Montaditos

Bosque palermo

carrer de valencia, 163

Tinha prometido à minha irmã que lhe pagava uma paella durante a nossa estadia em Barcelona e acabámos por comer a mesma no Bosque Palermo. Este restaurante aparecia frequentemente nas minhas pesquisas como um local para comer uma boa paella e, como tal, arrependo-me um pouco de não ter pensado em fazer antecipadamente uma reserva para o mesmo.
Chegámos ao restaurante e é claro que a primeira pergunta foi mesmo se tínhamos reservado. Perante a nossa resposta negativa, indicaram-nos que iriamos esperar cerca de 1h por uma mesa. Tínhamos fome, mas achámos que já que tínhamos vindo, era aqui mesmo que iríamos comer.
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Bosque Palermo
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Bosque Palermo
Enquanto esperávamos, optámos por sentar ao bar e pedir algumas tapas de entrada, a saber uma dose de PA amb tomàquet, (o qual preferi à versão do La Cova Fumada) e uma de croquetas, as quais vinham quentes e eram óptimas!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Bosque Palermo
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Bosque Palermo
Cerca de uma hora depois, lá conseguimos uma mesa e pedimos a nossa tão aguardada PAella de marisco. Conselho: se não reservarem e optarem por esperar por uma mesa, eu diria que podem mesmo pedir a paella logo porque demora IMENSO tempo a ficar pronta! Pedimos uma sangria de vinho tinto (honestamente, a sangria do Tapa Tapa era bem melhor) e quando por fim a paella chegou à mesa, estavámos tão cheias de fome que devorámos tudo. Ainda assim, se foi aquela refeição para lá de extraordinária que esperava e com que andava a sonhar? Honestamente não. Talvez tenha tido uma experiência um pouco diferente dado o tempo que esperámos por comer, mas não achei que este local fosse tão especial como o anunciavam...
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Bosque Palermo
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Bosque Palermo
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Bosque Palermo

ferran 59

CARRER ferran, 59

Um restaurante que descobrimos por mero acaso foi o Ferran 59. Não sabíamos exactamente por onde comer nem o que provar e acabámos por ver uma ardósia a anunciar um menu do dia com primeiro prato, segundo prato e sobremesa por 10.5€.

Guia de onde e o que comer em Barcelona - Ferran 59
Para começar optámos por uma Sopa de peixe, à qual se seguiu a típica butifarra (um enchido catalão) e por fim não resistimos a atacar mais uma vez a famosa crema catalana (a do Tapa Tapa era melhor).
Não sendo exactamente o restaurante de que me vou lembrar para o resto da minha vida, tenho a dizer que a comida era de muito boa relação qualidade/preço!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Ferran 59
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Ferran 59
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Ferran 59

la xocolateria by oriol balaguer

CARRER fusina, 5

Não sendo uma tradicional granja (confeitaria tradicional) de Barcelona, tinha lido bastante bem sobre La Xocolateria e, tendo em conta que fica mesmo ao lado do Mercat del Born, não resisti a por lá passar.
Mal passei a ombreira da porta, soube logo que estava num local que me ia agradar: não só a decoração é para lá de espectacular, como têm vários produtos em exposição nas vitrines que vos vão deixar imediatamente de água na boca!

Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Xocolateria by Oriol Balaguer
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Xocolateria by Oriol Balaguer
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Xocolateria by Oriol Balaguer
As nossas escolhas recaíram sobre uma chávena de chocolate quente e um xuixo.
No que toca ao chocolate quente, as nossas opiniões dividiram-se: a minha irmã (que não é grande fã de chocolate) acabou por deixar metade da chávena por beber, já eu deliciei-me com esta maravilha! Se, tal como eu, são amantes de chocolate (sobretudo negro), penso que vão adorar beber este chocolate, bem espesso, amargo e com um intenso sabor a cacau puro!
xuixo (um tipo de pastelaria originário da Catalunha, recheado com crema catalana, depois frito e coberto em açúcar) gerou consenso como sendo um óptimo doce, mas que vos vai deixar cheios durante imenso tempo! É uma verdadeira bomba calórica!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Xocolateria by Oriol Balaguer
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Xocolateria by Oriol Balaguer
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Xocolateria by Oriol Balaguer

caellum

CARRER de la palla, 8

A Caelum fica no Barri Gòtic e, sendo este um bairro de tradição e história, não é de espantar que esta loja tenha sido construída sobre os antigos banhos judeus (dos quais existem vestígios no subsolo da loja). 
Esta loja de produtos gourmet é igualmente em parte café, sendo aqui possível fazer uma pausa para bebidas quentes acompanhadas de um sem fim de doces tradicionais elaborados em mosteiros, tais como os melindros, a tarta de santiago (recheio de amêndoa, canela e limão), as roscas de san blas, os cortadillos de cidra (biscoitos com tiras de melão caramelizado, coberto de sementes de sésamo caramelizadas) ou os típicos polvoróns (biscoitos de amêndoa). A dificuldade é mesmo escolher, mas se por aqui passarem não se esqueçam de levar dinheiro já que não são aceites cartões de crédito!

Guia de onde e o que comer em Barcelona - Caellum
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Caellum
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Caellum

granja la pallaresa

CARRER petritxol, 11

Não é possível vir a Barcelona sem passar em pelo menos uma das tradicionais granjas, confeitarias tradicionais onde são servidas iguarias derivadas do leite.
Nós optámos pela Granja La Pallaresa, uma das mais tradicionais de Barcelona. Fundada em 1947, esta guarda o ar antigo das granjas, com quadros de Barcelona nas paredes e garçons  de uniforme.
Como não podia deixar de ser, fomos para o pedido tradicional de CHurros, acompanhados por um suizo, uma chávena de chocolate quente espesso que em vez de leite leva chantilly artesanal.
Não só o ambiente desta granja transpira a tradição, como vos posso dizer que este lanche era delicioso!

Guia de onde e o que comer em Barcelona - Granja La Pallaresa
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Granja La Pallaresa
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Granja La Pallaresa
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Granja La Pallaresa

la campana

CARRER princesa, 36

Apenas estive na La Campana de passagem, mas não podia deixar de partilhar convosco este endereço. Aqui vendem-se os típicos turrónes espanhóis, mas não foi esta a razão da minha visita!
Andei um pouco por todo o lado em Barcelona à procura de um sítio onde pudesse provar uma orxata, uma bebida não alcoólica elaborada com água, açúcar e com os tubérculos de uma planta chamada chufa. Sendo uma bebida refrescante, esta é vendida principalmente no Verão, porém tinha lido que em alguns locais era vendida durante todo o ano e ao encontrá-la na La Campana, não resisti a provar! O veredicto? Eu gostei bastante da bebida, mas admito que tem um sabor peculiar e que não será do gosto de todos!

Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Campana
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Campana
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Campana
Guia de onde e o que comer em Barcelona - La Campana

chocolateria la nena

CARRER ramon y cajal, 36

A Chocolateria La Nena foi uma pausa nocturna que fizemos um dia quando já começávamos a ter alguma fome, mas ainda não queríamos jantar, com a ideia de tomar um bom chocolate quente e recarregar baterias.
Mal entrei, gostei desde logo da decoração deste local, mas na altura de fazer o pedido vieram as más notícias: já não havia chocolate.
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Chocolateria La Nena
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Chocolateria La Nena
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Chocolateria La Nena
Perante a nossa perplexidade de uma chocolateria que nos diz basicamente que já não tem a sua especialidade, lá acabámos por encomendar outras bebidas e testar uns melindros para acompanhar, uns bicoitos fofos feitos de açúcar, farinha e ovos. Nas minhas pesquisas por várias vezes encontrei a dica de mergulhar melindros no chocolate quente, mas à falta deste, tal não foi possível. Veredicto? Fizemos uma boa pausa que nos permitiu recuperar um pouco do cansaço que começávamos a sentir, mas diria que este local não nos surpreendeu nem ficará particularmente na nossa memória como algo a repetir.

Guia de onde e o que comer em Barcelona - Chocolateria La Nena
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Chocolateria La Nena

torrons vicens

várias lojas

Se procuram uma loja para comprar o típico turrón, têm mesmo que passar na Torrons Vicens! Esta cadeia, com vários endereços em Barcelona (como por exemplo, ao pé de La Pedrera ou do Mercat de la Boqueria), tem sabores e misturas para todos os gostos! Algo que adorei foi o turrón de crema catalana, com o sabor da típica sobremesa e que, contrariamente ao tradicional turrón duro que por cá conhecemos, quase se desfazia na boca! Uma delícia!
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Torrons Vicens
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Torrons Vicens

mercat de la boqueria

rambla de sant josep

Já aqui mencionei a minha passagem pelo Mercat de la Boqueria, mas não podia deixar de o incluir neste guia de comida de Barcelona porque se há sítio onde vão encontrar um pouco de tudo é mesmo aqui! Desde as tradicionais empanadas aos típicos alfajores, passando pelas tapas, xuixospelo pan de higo ou pura e simplesmente pelas frutas exóticasnão podem deixar de provar alguns dos produtos que se vendem neste mercado!

Guia de onde e o que comer em Barcelona - Mercat de la Boqueria
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Mercat de la Boqueria
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Mercat de la Boqueria
Guia de onde e o que comer em Barcelona - Mercat de la Boqueria

GOSTAS DESTE ARTIGO? GUARDA-O NO PINTEREST!

Guia de onde e o que comer em Barcelona - Drawing Dreaming

A ler também...

6 comentários:

  1. Fiquei a babar-me do início ao fim do artigo... A comida é algo que valorizo muito em viagem: adoro experimentar coisas novas e ficar a conhecer a gastronomia local! Se há coisa que gosto em Portugal são os petiscos, por isso as tapas espanholas também entram na minha lista de coisas favoritas a comer. O que me mais me impressionou foi a própria existência de sal vulcânico. Como é que eu não sabia que tal coisa existia?

    Mundo Indefinido

    ResponderEliminar
  2. Eu sou exactamente como tu, em viagem adorei provar comidas típicas e o que um país tem de melhor a oferecer a níveis gastronómicos!
    Barcelona é, sem dúvida alguma, uma cidade para 'foodies', penso que irias gostar! O Quimet y Quimet foi das melhores experiências da minha visita, sonho mesmo em voltar lá!

    ResponderEliminar
  3. Minha querida Ester :)

    Este guia vai ser a minha companhia dos próximos serões, que tenho uma viagem marcada para ir a Barcelona com a mana e das coisas que mais gosto de visitar são sítios bons e bonitos para comer ou tomar café!

    Este teu post é serviço público e só te posso agradecer!! Já está guardado nos favoritos*

    ResponderEliminar
  4. Eu já fui a Barcelona mas só fui três dias.
    Confesso que nem decorei os nomes dos sítios onde comi mas gostei de tudo.
    Já para não falar que amei a cidade e adorava voltar com mais tempo.

    ResponderEliminar
  5. Sara, não precisas agradecer! Vais adorar Barcelona, é um dos melhores destinos para "foodies". Se tiveres que ir a apenas um local, por favor não deixes de passar no Quimet y Quimet, é fabuloso!!

    ResponderEliminar
  6. Diana, também eu adorei a cidade e já só penso em voltar! ;)

    ResponderEliminar