Porto

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

junho 28, 2017,0 Comments

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

Depois de ter partilhado convosco o meu primeiro roteiro do Porto, que vos leva da Baixa Portuense ao Centro Histórico, venho desta vez guiar-vos num percurso que vai da ribeira (ou melhor, de Vila Nova de Gaia)  aos clérigos, abrangendo vários pontos de interesse, tais como:
• a visita às caves do vinho do Porto;
• um passeio de barco rabelo;
• a Casa do Infante;
• a Torre dos Clérigos;
• a Livraria Lello;
• as Igrejas do Carmo e dos Carmelitas;
• o Museu Soares dos Reis; 
• os Jardins do Palácio de Cristal.

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

visita às caves


O nosso roteiro começa mesmo do outro lado do rio, em Vila Nova de Gaia, para uma visita às famosas caves do vinho do Porto. São cerca de 50 caves que se estendem ao longo da zona ribeirinha e da encosta da cidade, pelo que o que não falta é escolha! 

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

Pessoalmente optei por uma visita às caves da Calem, a qual possui visitas guiadas com provas de degustação que começam nos 6€. Neste circuito é vos explicado todo o processo de fabrico e armazenamento daquele que é um dos vinhos mais famosos do mundo. Aqui aprendi não só os vários tipos de vinho do Porto (Ruby, Tawny, Branco, Rosé), como também o quanto a Região Demarcada do Douro, zona evolta em montanhas com características climáticas particulares, contribui para que este néctar dos deuses possua um aroma, cor e sabor refinados e únicos.
Sejam fãs de vinho do Porto ou não, pessoalmente recomendo vivamente que visitem pelo menos uma das caves onde é armazenado e amadurecido o vinho do Porto para ficarem a saber mais sobre o mesmo!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

a zona da ribeira


Ainda em Vila Nova de Gaia, e caso queiram apreciar uma fantástica vista panorâmica da cidade do Porto e do rio Douro, subam até à encosta na qual se encontra o miradouro do mosteiro da serra do pilar!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

Em baixo, atravessem a margem pela icónica ponte d. luís, uma das mais representativas pontes da arquitectura do ferro.
Projectada pelo arquitecto belga Théophile Seyrig, antigo sócio de Gustav Eiffel (com quem tinha trabalhado na construção da ponte ferroviária D. Maria Pia), esta ponte de dois tabuleiros inseridos num grande arco de ferro pesa mais de 3.000 toneladas. Actualmente, o tabuleiro superior da ponte serve o Metro do Ponto e o tabuleiro inferior serve os peões e veículos automóveis.

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

Admirem a icónica praça da ribeira, tradicionalmente um dos locais mais visitados da cidade. Esta é um ponto de paragem obrigatório, não só pela incrível vista e pela localização que nos permite observar o tráfego fluvial, como também pelas suas inúmeras esplanadas e restaurantes com vistas deslumbrantes sobre o rio Douro, os quais são ainda mais animados à noite.

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
A zona ribeirinha de dia e à noite

passeio de barco rabelo


É do Cais da Ribeira que embarcam a maior parte dos cruzeiros que se podem realizar no rio Douro, já para não falar que é aqui que se pode adquirir um bilhete para um passeio num típico barco rabelo.
Este tipo de embarcação fluvial navegava no rio Douro maioritariamente como meio de transporte das pipas de vinho do Porto desde a região do Alto Douro até Vila Nova de Gaia. Os barcos rabelos, que transportavam entre 50 a 80 pipas de vinho, acabaram substituídos pelo transporte de camiões, mas ainda é possível fazer pequenos cruzeiros no rio Douro (os quais geralmente rondam os 12.5€), não só para ficar a conhecer um pouco mais sobre a história do rio e da cidade do Porto, como também para apreciar a magnífica tranquilidade e vistas que se tem do barco!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos ClérigosRoteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

casa do infante


Caminhem até à casa do infante, um dos mais antigos edifícios do Porto, cujo nome deriva de supostamente aqui ter nascido o Infante D. Henrique, em 1394.
Este edifício alfândegário, que chegou a ser Casa da Moeda e a albergar outros serviços da coroa, foi sendo sucessivamente ampliado ao longo dos séculos.
Na fachada do edifício actual, em estilo neogótico, existe uma porta larga em arco com o escudo das armas reais e uma moldura decorativa que assinala o quinto centenário do nascimento do infante.
Recomendo-vos a visita a este monumento histórico já que, por 2.2€, podem ficar a conhecer o passado do mesmo, incluindo vestígios de ocupações romanas que permaneceram no local através de um projecto museológico que ilustra a história da Casa do Infante com recurso a aplicações multimédia e a maquetas do Porto medieval. Aqui irão ainda encontrar documentos históricos como o que estabelece as despesas do baptizado do Infante ou a Carta Foral da cidade!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

praça infante d. henrique


Daqui seguimos até à praça infante d. henrique, a qual também homenageia o navegador através do monumento no seu centro, no qual se encontra representado o Infante em traje de guerreiro com a mão direita estendida a apontar para além-mar.
Nesta praça ergue-se o palácio da bolsa, um edifício de estilo neoclássico que infelizmente não consegui visitar por falta de tempo e que se encontra na minha lista para uma visita futura!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

Para usfruitem de uma privilegiada e deslumbrante vista do morro da Sé e do rio Douro, continuem até ao miradouro da vitória, o qual é um dos melhores locais de vista panorâmica a partir da zona antiga da cidade!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

igreja e torre dos clérigos


O próximo ponto do nosso roteiro é a famosa IGREJA E TORRE DOS CLÉRIGOS, conjunto arquitectónico do século XVIII da autoria do arquitecto italiano Nicolau Nasoni. Contrariamente ao que era tradicional à época em Portugal, Nasoni decidiu libertar espaço na frente da igreja ao colocar a torre nas suas traseiras, algo pouco usual.

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
A igreja dos clérigos à noite

A igreja, de acesso gratuito, tem uma fachada com uma escadaria dupla. No interior, uma única nave de planta oval, cuja originalidade continua na sua rica decoração que conjuga pedra com talha dourada e pinturas.

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

Já a torre, de espessas paredes de granito, conta com 75 metros de altura e seis andares. A entrada na torre custa 3€ e o acesso é feito por uma escada em caracol, num total de 240 degraus até ao topo, no qual somos brindados com uma magnífica vista panorâmica sobre a cidade e o rio Douro!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

a vida portuguesa


Depois de tantas visitas culturais e históricas, recomendo-vos uma breve paragem na loja a vida portuguesa, na qual poderão encontrar produtos nacionais num espaço amplo com prateleiras antigas e mesas compridas de madeira. Esta loja é uma óptima escolha para comprar lembranças para aos mais queridos sem ainda assim cair no erro de trazer para casa aqueles souvenirs cliché!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos


livraria lello


Na mesma rua encontram a histórica livraria lello, frequentemente reconhecida como uma das mais belas livrarias do mundo por publicações como o jornal The Guardian, a revista Time ou o guia de viagens Lonely Planet.

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

A história desta livraria tem origem na antiga Livraria Chardron, a qual no final do século XIX passou para José Pinto de Sousa Lello e o seu irmão, permanecendo na família Lello até hoje.
A entrada na Livraria custa 3€ (dedutível na compra de um livro) e, apesar de aquando da minha visita esta se encontrar em obras, saibam que o edifício actual data de 1906 e que a sua fachada é considerada um dos mais significativos exemplos do neogótico da cidade do Porto!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

O interior da livraria é deslumbrante e muito artístico, com tectos e estantes de madeira talhada (cujos pilares incluem bustos de grandes escritores como Eça de Queiroz, Camilo Castelo Branco ou Antero de Quental), vitrais e, claro está, a famosa escada de madeira em forma de caracol que terá fortemente influenciado J.K. Rowling na criação da "Flourish & Blotts" no universo de Harry Potter!


pausa para almoço


Optámos por almoçar na zona, no restaurante solar moinho de vento, um restaurante de comida tradicional portuguesa com um ambiente acolhedor e uma ementa de pratos apetitosos! Nós provámos Tripinhas Enfarinhadas de entrada e comemos um Arroz de Polvo Malandrino, ambos de óptima confecção e pessoalmente considerámos que, apesar de existirem restaurantes mais baratos, o preço que se paga equivale ao da qualidade dos pratos apresentados!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

igreja do carmo e dos carmelitas


Depois do almoço, caminhámos até à Praça de Gomes Teixeira (popularmente conhecida como Praça dos Leões), onde se encontram as Igrejas Geminadas do Carmo e dos Carmelitas.

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
as igrejas geminadas DE DIA E À NOITE

A igreja dos carmelitas pertenceu ao Convento dos Carmelitas Descalços e, apesar de ser de estilo clássico, sofreu grandes influências do período barroco.

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

Já a igreja do carmo pertence à Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo. A irmandade constitui-se no século XVIII e recebeu dos Carmelitas os terrenos para aqui se instalarem. A fachada desta igreja é considerada a mais escultórica do Porto, com nichos nos primeiro e segundo níveis e um frontão com o brasão da Ordem e a coroa régia no último nível. A fachada lateral é revestida por um belíssimo painel de azulejos do início do século XX.

museu soares dos reis


O nosso roteiro continuou um pouco mais afastado do centro até chegarmos ao museu soares dos reis.
Tive imensa sorte porque visitei o museu no Dia dos Museus e tive a oportunidade de fazer uma muito interessante visita guiada deste museu! Fundado em 1833, denominava-se originalmente de Museu Portuense de Pinturas e Estampas e foi o primeiro museu público de arte em Portugal. O seu nome deve-se ao facto de para aqui ter sido transferida grande parte do espólio do escultor portuense Soares dos Reis. Actualmente, o museu possui colecções que vão desde as clássicas obras de pintura, escultura e cerâmica a peças de ouriversaria e joalheria, gravuras, mobiliário e mesmo têxteis!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

os jardins do museu, instalado no palácio dos carrancas

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

jardins do palácio de cristal


Seguindo a Rua D. Manuel II, vamos dar à entrada principal dos jardins do palácio de cristal. O parque e os seus jardins românticos foram projectados na década de 1860 pelo arquitecto paisagista alemão Émile David, para envolver o então Palácio de Cristal (demolido em 1951).
Nestes magníficos jardins é possível observar desde plantas exóticas e árvores raras de grande porte a fontes, um lago com patos, cisnes e animais diversos.  Não deixem de admirar a vista panorâmica sobre o rio Douro!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

ainda mais...


Para os que se queiram aventurar (ainda mais) na cidade ou estender o roteiro até mais longe, podem opcionalmente adicionar dois locais ao vosso percurso!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos
tripas à moda do porto no mercado do bom sucesso

O primeiro é o mercado do bom sucesso, um mercado recentemente renovado onde, além de se poder continuar a adquirir produtos frescos, podemos ainda contar com modernas bancas e restaurantes que dão a conhecer a gastronomia portuguesa e diferentes petiscos.

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

O segundo ponto de interesse é a casa da música, edifício ícone da arquitectura contemporânea da cidade do Porto e primeiro edifíficio construído em Portugal exclusivamente dedicado à música no domínio da apresentação pública, formação e criação artística

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

GOSTAS DESTE ARTIGO? GUARDA-O NO PINTEREST!

Roteiro do Porto: da Ribeira aos Clérigos

A ler também...

0 comentários: